Home / Brasil e Mundo / 7 de setembro promete protestos em pelo menos 149 cidades do Brasil

7 de setembro promete protestos em pelo menos 149 cidades do Brasil

16jul2012---milhares-de-pessoas-sairam-as-ruas-da-capital-espanhola-para-protestar-contra-as-medidas-de-austeridade-mais-recentes-anunciadas-pelo-governo-conservador-do-pais-1342421188943_615x300

Divulgado como “o maior protesto da história do Brasil”, quase 400 mil pessoas já confirmaram nas redes sociais presença na série de manifestações marcadas para ocorrerem em ao menos 149 cidades no sábado, dia 7, feriado do dia da Independência.

Além de todas as capitas, duas cidades no exterior também aderiram à lista: Christchurch, Nova Zelândia, e Santa Cruz de La Sierra, Bolívia. De acordo com a descrição, “a Operação Sete de Setembro busca um país melhor e não quer um golpe militar, intervenção, fascismo ou socialismo, bem como não possui ligação com qualquer partido político”.

cartaz_protesto_castelao_afp4_1Na pauta das reivindicações estão: o pedido de prisão dos condenados no julgamento do mensalão; aprovação do projeto de lei 7368/2006, que cria novos órgãos de combate à corrupção; a PEC 280/2008, do deputado falecido Clodovil Hernandes (PR-SP), que reduz de 513 para 250 o número de deputados federais; a PEC 233/2008, do Poder Executivo, que simplifica o sistema tributário federal; a PEC 159/2012, do deputado Filipe Pereira (PSC-RJ), que acaba com o voto obrigatório; e a aprovação do novo Plano Nacional de Educação (PNE), enviado ao Congresso em 2010 e que ainda depende de aprovação nas Comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e de Educação (CE) do Senado.

Para lidar com os atos a Secretaria de Segurança do Distrito Federal irá deslocar um contingente de quatro mil policiais militares, 320 bombeiros, 150 policiais civis e 110 agentes do Departamento de Trânsito. No entorno do estádio Mané Garrincha, onde a seleção brasileira realizará um amistoso contra a Austrália, haverá um adicional de aproximadamente dois mil PMs. No Rio de Janeiro, as manifestações levaram as Forças Armadas e a PM a reduzir em 40% o efetivo que participará do tradicional desfile cívico,

População foi convocada para ir às ruas

Fonte: Pop http://migre.me/fYDDz

Comentários

Scroll To Top